quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

No aniversário de São Paulo, bairro da Penha ganha livro dedicado à sua história

De autoria do psicólogo José Morelli, com o título: “Penha de França – Expressões do Rosário”, um novo livro está sendo lançado no dia 25 de janeiro de 2017, durante o aniversário de 462 anos da cidade de São Paulo.
O livro contempla informações relacionadas aos primórdios da Penha (1667) e da presença, no bairro, já em 1755, da antiga irmandade dos homens pretos, construtora da Igreja de Nossa Senhora do Rosário, a única que subsiste na cidade de São Paulo edificada em taipa e com essas características. Uma história de luta e resistência de um povo, digna de ser reconhecida e devidamente enaltecida.
Em edição primorosa e contendo 180 páginas entre textos e imagens coloridas ou em branco e preto, o livro revela ao leitor a caminhada histórica percorrida por homens e mulheres, escravizados ou alforriados, inserindo-a no contexto de desenvolvimento do bairro, antes mesmo que este fosse elevado à condição de Freguesia (1796), nos tempos de vigência dessa condição e já no período republicano em que os padres redentoristas administraram a paróquia (1905-1967), chegando até os dias de hoje, com as atividades e festas promovidas. Nas linhas e nas entrelinhas, o leitor poderá fazer sua leitura pessoal, quem sabe encaixando algumas peças do amplo quebra-cabeça de entendimento em que se insere sua própria história pessoal.  

O lançamento ocorrerá no Centro Cultural da Penha, localizado no Largo do Rosário, 20 - Penha, São Paulo – SP, dia 25 de janeiro de 2017 (quarta-feira), às 16h00. 

Para mais informações: 11 2295-0401.

Comunicação:
Tel: 11 99344.0847
clinicajmorelli@gmail.com
http://penhadefrancaexpressoesdorosario.blogspot.com.br/


terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Ano novo, novas atividades!

A Comissão do Rosário inicia o ano de 2017 com novidades:
Neste domingo dia 8/01/2017 teremos a primeira Celebração Afro-brasileira do ano, que excepcionalmente, ocorrerá no segundo domingo do mês.
Oficialmente as Celebrações são realizadas em todo primeiro domingo do mês.
Teremos também nesse mesmo dia a apresentação da Roda de Samba da Comunidade do Largo do Rosário da Penha no SESC Itaquera, às 16h.

Não percam!



quinta-feira, 10 de novembro de 2016

O fotógrafo Osmar Moura lança exposição sobre as mulheres negras do Rosário da Penha


O Centro Cultural Penha apresenta a exposição do fotógrafo Osmar Moura

MULHERES dos HOMENS PRETOS

De 12/11/2016 a 30/01/2017

Abertura dia 12/11/2016, às 18h com "Grupo Liturgia dos Atabaques do Rosário"

Local Centro Cultural Penha
Largo do Rosário, 20, 
Penha de França

Produção Nayara Rodrigues
Expografia Patrícia Freire

terça-feira, 1 de novembro de 2016

Consciência e resistência

A professora Antônia Aparecida Quintão é a grande convidada para a Celebração de comemoração do mês da Consciência Negra em novembro na Penha, realizada em parceria com o Movimento Cultural Penha. Ao longo da sua vida acadêmica, Antônia Ap. publicou importantes livros sobre as Irmandades Negras no Brasil, contribuindo para ampliação do nosso conhecimento sobre essas organizações que resistiram durante séculos o cativeiro:

"Lá vem o meu parente: as irmandades de pretos e pardos no Rio de Janeiro e em Pernambuco", 2002;
"Irmandades Negras: outro espaço de luta e resistência" 2002;
e do Volume VIII da Coletânea "Percepções da Diferença: Negros e Brancos na Escola"

Antônia Aparecida Quintão é mulher, negra, mãe, doutora em História Social pela USP, pesquisadora no Núcleo de Estudos e Pesquisas Interdisciplinares do Negro Brasileiro da USP. Parecerista da Comissão da Verdade sobre a Escravidão Negra no Brasil da Secional Paulista da OAB, sócia titular do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo, membro do  Geledès - Instituto da Mulher Negra, escritora e professora adjunta na Universidade Presbiteriana Mackenzie.

Nossa parente de luta e reflexão!